O sinal do engano

Em Mateus 24, Jesus nos alerta várias vezes que o fim dos tempos será repleto de ENGANOS:

  • "E Jesus, respondendo, disse-lhes: Acautelai-vos, que ninguém vos engane[enganando-vos e levando-vos ao erro];" (24.4)
  • "Porque muitos virão [apropriando-se da força de meu nome e] em meu nome, dizendo: Eu sou o Cristo; e enganarão a muitos." (24:5)
  • "Então, se alguém vos disser: Eis que o Cristo (o Messias) está aqui, ou ali, não lhe deis crédito;" (24:23)
  • "Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos (os eleitos de Deus)." (24:24)
  • "Portanto, se vos disserem: Eis que ele está no deserto, não saiais. Eis que ele está no interior da casa; não acrediteis." (24:26)

Estamos, hoje, vivenciando exatamente o que Jesus já havia dito há 2000 anos. O engano pode ser comparado a um vírus que entra em uma verdade e a contamina. No evangelho não é diferente, quando contaminado. Jesus diz várias vezes em Mateus 24 que muitos que se farão passar por Ele pregando um falso evangelho e enganando muitos, desviando-os da verdade. Ao longo do século XX, temos visto vários exemplos do engano profetizado por Jesus.

Em 1978, na Guiana Francesa, Jim Jones cometeu um suícidio coletivo de 800 pessoas, induzidas a uma falsa pregação do evangelho. O mesmo fato se repete depois com David Koresh e seus davidianos, em Waco, Califórnia, EUA, em 1993 e em 1997, com o grupo Porta do Céu, no Texas, EUA.

Deus nos adverte em Mateus 10:28 que o perigo são aqueles que podem matar a alma, não o corpo. “Matar a alma” significa a morte eterna da alma, que acontece quando alguém morre sem aceitar ao Deus verdadeiro e a Jesus Cristo seu Filho, nosso Senhor e Salvador. Se a pessoa morre nestas condições, sua alma estará eternamente separada de Deus, no inferno.

  • Mateus 10:28
    "E não temais os que matam o corpo e não podem matar a alma; temei antes aquele que pode fazer perecer no inferno a alma e o corpo."

Muitos têm misturado o evangelho com outras doutrinas totalmente pagãs, totalmente demoníacas (sincretismo). Segundo Eugene Nida, sincretismo é a tentativa do homem de acomodar duas ou mais religiões, duas ou mais idéias e filosofias religiosas para formar uma terceira, com elementos presentes da primeira.

Temos exemplos clássicos, como a Nova Era, culto aos OVNI, a umbanda, o espiritismo etc. Todas estas doutrinas também fazem uso da Bíblia, porém jamais revelam o Deus verdadeiro e triuno (Pai, Filho e Espirito Santo). Distorcem a Palavra e provocam o engano a todos que as seguem.

Satanás, ao longo da história, sempre usou da estratégia da contaminação para afastar o ser humano de Deus e da verdade em Jesus Cristo. As técnicas atuais de contaminação espiritual são bem complexas e eficazes, infelizmente, como por exemplo:

  • Músicas com temas satânicos
  • Jogos de videogame violentos
  • Jogos de RPG
  • Filmes com temáticas anticristãs

 

Sinais do Fim dos Tempos

Índice do Estudo do Fim dos Tempos