O ponto de partida: Mateus 24

Em Mateus 24 existe uma descrição clara de como será o final dos tempos. Ao se analisar a história da humanidade como um todo, chega-se facilmente à conclusão de que os séculos XX e XXI são os únicos que preenchem todos os requisitos ditos por Jesus em Mateus 24. Essa é a justificativa bíblica para se determinar que a nossa geração já está presenciando o final dos tempos.

Jesus vai ao monte das Oliveiras, faz um sermão profético e explica quais serão os detalhes que determinarão o quão próximo estaremos de sua segunda vinda.

  1. Mas daquele dia e hora [exatos] ninguém sabe, nem os anjos do céu, mas unicamente meu Pai.
  2. E, como foi nos dias de Noé, assim será também a vinda do Filho do homem.
  3. Porquanto, assim como, nos dias anteriores ao dilúvio, comiam, bebiam, [homens] casavam e [mulheres] davam-se em casamento, até ao [exato] dia em que Noé entrou na arca,
  4. E não o perceberam, até que veio o dilúvio, e os levou a todos, assim será também a vinda do Filho do homem.
  5. Então, estando dois no campo, será levado um, e deixado o outro;
  6. Estando duas moendo no moinho, será levada uma, e deixada outra.
  7. Vigiai, pois [dai atenção rigorosa, sejais cautelosos e atuantes], porque não sabeis a que hora [se é próxima ou remota] há de vir o vosso Senhor.
  8. Mas considerai isto: se o pai de família soubesse a que vigília da noite [parte da noite, de madrugada ou de manhã cedo] havia de vir o ladrão, vigiaria e não deixaria minar a sua casa.
  9. Por isso, estai vós apercebidos também; porque o Filho do homem há de vir à hora em que não penseis.

Estudaremos mais sobre Mateus 24 ao explicarmos os sinais que marcam o final dos tempos, no capítulo 2. O que chama mais a atenção no sermão dado por Jesus, é o fato de muitos serem pegos de surpresa no dia de sua vinda. O Espírito Santo de Deus revelou essa profecia da mesma maneira a Paulo e Pedro:

“Porque vós mesmos sabeis muito bem que o dia do Senhor virá como o ladrão de noite.” - 1 Tessalonicenses 5:2

“Mas o dia do Senhor virá como o ladrão de noite; no qual os céus passarão com grande estrondo, e os elementos, ardendo, se desfarão, e a terra, e as obras que nela há, se queimarão.” - 2 Pedro 3:10

Portanto, as profecias fortemente indicam que a segunda vinda de Jesus Cristo surpreenderá a muitos, inclusive cristãos que estejam despreparados neste momento.

Somente Deus Pai sabe a data da volta de Jesus

Quero deixar claro que o objetivo desse estudo não é e jamais será estipular uma data para a volta de Jesus. Jesus diz claramente em Mateus 24:36 que somente Deus Pai sabe o dia e a hora de sua segunda vinda. Ninguém mais sabe. Deus adverte que, o que não foi revelado da parte Dele ao homem, não cabe ao homem querer adivinhar por sua própria conta:

"E disse-lhes: Não vos pertence saber os tempos [suas coisas, eventos e períodos exatos] ou as estações que o Pai estabeleceu (fixou e reservou) pelo seu próprio poder." - Atos 1:7

Como o assunto diz respeito ao futuro da humanidade, existe a tendência natural do ser humano de ter a curiosidade de saber exatamente quando os eventos começam a acontecer. Mas muitas vezes, a curiosidade se transforma em tentação e então muitos (inclusive crentes) são levados erroneamente a estipularem datas para a volta de Jesus.

Edgar Whisenant publicou o livro “88 Reasons why the Rapture is in 1988” (88 razões pelas quais o Arrebatamento ocorrerá em 1988). Obviamente, Jesus não voltou em 1998. Não contente, Whisenant re-editou o livro em 1989 com o nome “89 Reasons why the Rapture is in 1989” (89 razões pelas quais o Arrebatamento ocorrerá em 1989). Por fim, o livro saiu de linha.

Outros autores tentam outra estratégia: marcam a data da volta de Jesus indiretamente. É o caso de Gene Stone, que publicou o livro “Prophetic Reasons Why Jesus Cannot Return Before 2040” (Razões proféticas pelas quais Jesus não pode voltar antes de 2040). Indiretamente, Stone marcou a data da volta de Jesus para 2040.

Recordo-me de uma vez estar conversando com uma pessoa muito querida que me afirmou: “O nosso pastor recebeu uma revelação de que Jesus voltará em 2004!”. Eu simplesmente disse a essa pessoa: “Não acredite! Não é revelação de Deus.”. A pessoa ficou inconformada: “Mas como? Ele é um homem de Deus.”. E finalmente respondi: “Eu sei que ele é um homem de Deus, mas o dia e a hora somente o Pai os sabe. Se o pastor estipulou uma data, transgrediu a Palavra, e é proibido!”

O MERCADO EXPLORA O FIM DOS TEMPOS

Os estúdios de cinema de Holywood também faturam (e muito) com o final dos tempos. O filme 2012 (lançado originalmente em 2009) também explora o sensacionalismo apocalíptico para marcar datas para o fim dos tempos. No caso, baseia-se no fim do calendário maia que termina em 21 de dezembro de 2012. O trailer do filme está disponivel nesta página.

A razão pela qual Deus Pai não divulgou a data da volta de Jesus nem para o próprio Jesus é simples: Deus nos quer constantemente em Sua Presença, tratando cada minuto como se fosse o último antes da Segunda Vinda de Jesus. Deus quer que preguemos a Palavra a todos os homens e mulheres para que eles sejam salvos, como se fosse a última vez que teríamos a oportunidade de pregar para eles. Isso gera em nós a responsabilidade de amar a Deus, amar ao próximo, a constância e a vigilância em Cristo, que devem ser características fundamentais a todo crente verdadeiro.

“Portanto, meus amados irmãos, sede firmes e constantes, sempre abundantes na obra do Senhor, sabendo que o vosso trabalho não é vão no Senhor.” - 1 Coríntios 15:58

“Vigiai, pois, porque não sabeis a que hora há de vir o vosso Senhor.” - Mateus 24:42

“E, respondendo ele, disse: Amarás ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todas as tuas forças, e de todo o teu entendimento, e ao teu próximo como a ti mesmo.” - Lucas 10:27

É da vontade de Deus que estudemos as profecias acerca da volta de Jesus

Se Deus então nos proíbe de saber o dia e a hora, será que Ele nos permite estudar as profecias sobre o final dos tempos? A resposta é sim. É da perfeita vontade Dele que estudemos todas as profecias da Bíblia, e não somente aquelas relacionadas ao final dos tempos.

  • Apocalipse 1:3
    "Bem-aventurado (feliz, a ser invejado) aquele que lê [em alta voz nas igrejas], e os que ouvem as palavras [sendo lidas] desta profecia, e guardam as coisas que nela estão escritas [prestando atenção a elas e as coloca no coração] ; porque o tempo [para que elas sejam cumpridas] está próximo."
  • Apocalipse 22:7
    "Eis que presto venho: Bem-aventurado (feliz, a ser invejado) aquele que guarda as palavras da profecia (as predições, as consolações e os avisos) deste livro."

Deus ainda é mais profundo: Ele quer que saibamos a respeito de todas as profecias reveladas por Ele na Bíblia, não só as profecias do livro de Apocalipse:

  • 1 Tessalonicenses 5:20
    "Não desprezeis as profecias [não deprecieis as revelações proféticas tampouco desprezeis as instruções inspiradas pelo Espírito, avisos ou exortações]."

Segundo as informações de Tim LaHaye, no livro Estamos vivendo os últimos dias?, cerca de 28% da Bíblia é composta por profecias. Deus jamais teria dedicado quase um terço de toda a Palavra às profecias, se não fosse de Sua vontade que as estudássemos.

 

Índice do Estudo do Fim dos Tempos