47ª Semana de 2018

Leitura da Semana: Salmos 2, Marcos 10, Atos 4 e Mateus 5

Os reis da terra se levantam contra o Messias

"Por que se enfurecem os gentios [com alvoroço e confusão de vozes] e os povos imaginam (meditam, arquitetam) coisas vãs? Os reis da terra se levantam, e os príncipes conspiram contra o SENHOR e contra o seu Ungido (O Messias, O Cristo)..."
(Salmos 2:1-2)

Perceba que esses versos de Salmos 2 já são uma revelação do Espírito Santo a Davi, mostrando que o futuro Messias (Jesus Cristo) não somente seria alvo de críticas por parte das autoridades terrenas, mas também seria perseguido por eles. A perseguição não era, definitivamente, algo que somente Davi passaria. De alguma forma, o Espírito Santo de Deus o estava consolando em meio à angústia, dizendo a ele que não seria o único a ser perseguido.

Da mesma forma, Jesus nos avisou o mesmo. Ele nos disse que tudo o que faríamos por Ele seria sempre recompensado, mas não deixaríamos de sofrer perseguições por causa do nome Dele. Veja esse trecho de Marcos 10:29-30:

"Tornou Jesus: Em verdade vos digo que ninguém há que tenha deixado casa, ou irmãos, ou irmãs, ou mãe, ou pai, ou filhos, ou campos por amor de mim e por amor do evangelho, que não receba, já no presente, o cêntuplo de casas, irmãos, irmãs, mães, filhos e campos, com perseguições; e, no mundo por vir, a vida eterna." (Marcos 10:29-30)

A perseguição a quem faz a vontade de Deus na terra não é novidade. Jesus já nos havia avisado! Então, a perseguição não é algo que devemos ignorar, mas sim lidar com ela. Tome como exemplo a Igreja de Esmirna. A História já provou que, quanto mais Satanás perseguia a Verdadeira Igreja, mais ela crescia. Ou seja, o efeito era justamente o que o inimigo não esperava. Essa foi a prova do que Jesus disse em Marcos 10:29-30.

Sim! Podemos tomar o mesmo ensinamento de Jesus em nível individual. A grande mensagem que Jesus nos passa aqui é "Não desista!", ou "Persevere!". Perseverança exige paciência e dedicação. Não se pode seguir a Jesus Cristo sem dedicação e sem paciência.

Voltando a Salmos 2:1-2, os versículos se cumpriram literalmente em cada momento em que Jesus era criticado, perseguido durante Sua Primeira Vinda aqui na terra. Nos Evangelhos aparecem várias citações de autoridades arquitetando planos de matar Jesus.

Não somente com Jesus, mas também com os apóstolos, ocorria o mesmo. Atos 4:24-28 relata o cumprimento literal da profecia messiânica de Salmos 2:1-2:

"Ouvindo isto, unânimes, levantaram a voz a Deus e disseram: Tu, Soberano Senhor, que fizeste o céu, a terra, o mar e tudo o que neles há; que disseste por intermédio do Espírito Santo, por boca de Davi, nosso pai, teu servo: Por que se enfureceram os gentios, e os povos imaginaram coisas vãs (infrutíferas) [que não terão êxito]? Levantaram-se os reis da terra, e as autoridades ajuntaram-se à uma contra o Senhor e contra o seu Ungido (O Messias, O Ungido) [para atacá-Los]; porque verdadeiramente se ajuntaram nesta cidade contra o teu santo Servo Jesus, ao qual ungiste, Herodes e Pôncio Pilatos, com gentios e gente de Israel, para fazerem tudo o que a tua mão e o teu propósito predeterminaram (predestinaram)."

Entretanto, fica aqui o registro do que Jesus disse em Mateus 5:10-12 para que você, nesta semana, seja encorajado pelo Espírito a jamais desistir:

"Bem-aventurados (no estado em que os filhos de Deus nascidos de novo ficam: desfrutando e encontrando satisfação no favor e na salvação de Deus, não importando qual seja a condição) os perseguidos por causa da justiça (por estarem fazendo o correto), porque deles é o reino dos céus. Bem-aventurados (felizes, a serem invejados) sois quando, por minha causa, vos injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vós. Regozijai-vos e exultai, porque é grande (intenso e forte) o vosso galardão (recompensa) nos céus; pois assim perseguiram aos profetas que viveram antes de vós." (AMP)

Siga adiante, e continue honrando a Jesus! Ele reconhece o seu esforço em cada segundo de sua vida!

Início do Site

Devocional da semana atual

Devocional de outras semanas: