42ª Semana de 2018

Leitura da Semana: Zacarias 13, Mateus 26 e Marcos 14

Nunca abandone o Messias

"Desperta, ó espada, contra o meu pastor e contra o homem que é o meu companheiro, diz o SENHOR dos Exércitos; fere o pastor, e as ovelhas [do rebanho] ficarão dispersas; mas volverei a mão para os pequeninos [do rebanho]."
(Zacarias 13:7)

Este texto é muito citado quando um líder de uma comunidade é atacado. O diabo sabe que se ferir o pastor, as ovelhas se dispersam. Curiosamente, Davi nos diz que o inimigo pode ser, às vezes, o nosso próprio irmão. Veja o que diz o texto de Salmos 55:12-14:

"Com efeito, não é inimigo que me afronta; se o fosse, eu o suportaria; nem é o que me odeia quem se exalta contra mim, pois dele eu me esconderia; mas és tu, homem meu igual, meu companheiro e meu íntimo amigo. Juntos andávamos, juntos nos entretínhamos e íamos com a multidão à Casa de Deus."

Davi ficou tão surpreso quanto ficamos quando um irmão, a quem menos esperamos, nos ataca. Com Jesus não foi diferente. Esta profecia de Zacarias cumpriu-se literalmente nos seguintes textos:

"Então, Jesus lhes disse: Esta noite, todos vós vos escandalizareis comigo [desconfiando e desertando de Mim]; porque está escrito: Ferirei o pastor, e as ovelhas do rebanho ficarão dispersas... Tudo isto, porém, aconteceu para que se cumprissem as Escrituras dos profetas. Então, os discípulos todos, deixando-o, fugiram..." (Mateus 26:31,56)

"Então, lhes disse Jesus: Todos vós vos escandalizareis [desconfiando e desertando de Mim], porque está escrito: Ferirei o pastor, e as ovelhas ficarão dispersas... Então, deixando-o, todos [os Seus discípulos] fugiram. Seguia-o um jovem, coberto unicamente com um lençol (toalha), e lançaram-lhe a mão. Mas ele, largando o [seu] lençol, fugiu [com o corpo] desnudo." (Marcos 14:27,50-52)

Nos dois textos, se você ler mais adiante, verá que o abandono foi tamanho que resultou até mesmo na negação de Pedro. Os discípulos abandoraram Jesus no momento mais crucial de Seu ministério aqui na terra. Com exceção de João, nenhum discípulo estava presente no momento da crucificação de Jesus Cristo. Ele, claro, já sabia de tudo isso que lhe aconteceria. Porém, o texto está registrado nas Escrituras para que jamais venhamos a abandonar Jesus. Medite sobre isso nesta semana.

Início do Site

Devocional da semana atual

Devocional de outras semanas: