23ª Semana de 2018

Leitura da Semana: Levítico 16, Romanos 3 e Hebreus 9

O Messias veio para perdoar o seu pecado e lhe salvar

"Depois, imolará o bode da oferta pelo pecado, que será para o povo, e trará o seu sangue para dentro do véu [do Santo dos Santos]; e fará com o seu sangue como fez com o sangue do novilho; aspergi-lo-á no propiciatório e também diante dele. Assim, fará expiação pelo santuário por causa das impurezas dos filhos de Israel, e das suas transgressões, e de todos os seus pecados. Da mesma sorte, fará pela tenda da congregação, que está com eles no meio das suas impurezas. Nenhum homem estará na tenda da congregação quando ele entrar para fazer propiciação no santuário [dentro do véu], até que ele saia depois de feita a expiação por si mesmo, e pela sua casa [os outros sacerdotes], e por toda a congregação de Israel."
(Levítico 16:15-17)

O Dia da Expiação é comemorado pelos judeus no décimo dia do mês hebraico de Tsiri. A comemoração segue a passagem acima. A explicação desta comemoração é a seguinte:

Para se fazer a expiação, eram exigidos dois bodes. Um deles seria solto e continuaria vivo. Esse bode levaria os nossos pecados. O outro bode era sacrificado sobre o altar do Templo, e o seu sangue era carregado para dentro da câmara do Santo dos Santos do Templo. Uma vez ali, o sangue era então aspergido sobre o propiciatório, que é a tampa da Arca da Aliança.

Essa festa bíblica nada menos prefigurava o objetivo pelo qual Jesus, o Messias, viria pela primeira vez sobre a terra. A passagem de Romanos 3:20-25 prova o cumprimento de que Jesus fez o sacrifício definitivo por nossos pecados:

"Mas agora, sem lei, se manifestou a justiça de Deus testemunhada pela lei e pelos profetas; justiça de Deus mediante a fé em Jesus Cristo, para todos [e sobre todos] os que crêem; porque não há distinção, pois todos pecaram e carecem da glória de Deus, sendo justificados gratuitamente, por sua graça, mediante a redenção que há em Cristo Jesus, a quem Deus propôs, no seu sangue, como propiciação, mediante a fé, para manifestar a sua justiça, por ter Deus, na sua tolerância, deixado impunes os pecados anteriormente cometidos."

Sendo assim, não são mais necessários sacrifícios de animais para nossa salvação e remissão dos pecados. Jesus o fez de forma definitiva, conforme Hebreus 9:11-14:

"Quando, porém, veio [o tempo determinado por Deus,] Cristo (o Messias) como sumo sacerdote dos bens já realizados, mediante o maior e mais perfeito tabernáculo, não feito por mãos, quer dizer, não desta criação, não por meio de sangue de bodes e de bezerros [pelos quais se fazia a reconciliação entre os homens e Deus], mas pelo seu próprio sangue, [então] entrou no Santo dos Santos [dos céus], uma vez por todas, tendo obtido eterna redenção (libertação completa para nós). Portanto, se o [mero] sangue de bodes e de touros e a cinza de uma novilha, aspergidos sobre os contaminados, os santificam, quanto à purificação da carne, muito mais o sangue de Cristo, que, pelo [Seu] Espírito eterno [Sua própria personalidade divina pré-existente], a si mesmo se ofereceu sem mácula a Deus, purificará a nossa consciência de obras mortas, para servirmos ao [eterno] Deus vivo!"

Jesus veio para salvar não somente você, mas toda a humanidade. Quem o aceita como Único e Verdadeiro Senhor e Salvador, terá o pecado perdoado e o nome escrito no Livro da Vida, sem sombra de dúvidas.

"Filhinhos meus, estas coisas vos escrevo para que não pequeis. Se, todavia, alguém pecar, temos Advogado junto ao Pai (Aquele que intercede por nós), [é] Jesus Cristo, o [completamente] Justo [Aquele que concorda com a vontade do Pai em todo propósito, pensamento e ação]; e ele [, o próprio Jesus,] é a propiciação (o sacrifício reparador) pelos nossos pecados e não somente pelos nossos próprios, mas ainda pelos [pecados] do mundo inteiro." (1 João 2:1-2)

Nesta semana, medite no objetivo de Salvação por meio de Jesus Cristo. Peça estratégias a Deus para você poder falar do verdadeiro amor de Jesus àqueles que ainda não sabem da verdadeira Salvação.

Início do Site

Devocional da semana atual

Devocional de outras semanas: