16ª Semana de 2018

Leitura da Semana: Mateus 24, 1 Tessalonicenses 5

A Vigilância deve ser constante

"Eis que venho como vem o ladrão. Bem-aventurado (feliz, a ser invejado) aquele que vigia (fica em alerta) e guarda as suas vestes, para que não ande nu, e não se veja a sua vergonha."
(Apocalipse 16:15)

Embora muitos continuem direta ou indiretamente marcando datas para a Volta de Jesus, o fato é que nem o próprio Senhor Jesus sabe a data da Sua Segunda Vinda. Somente Deus Pai o sabe, conforme Mateus 24:36:

"Mas a respeito daquele dia e hora [exatos] ninguém sabe, nem os anjos dos céus, nem o Filho, senão o Pai."

Porém, a Palavra afirma que temos que ficar em alerta todo o tempo. O que alimenta nossa esperança e certeza da Volta do Rei Jesus, é que Ele jamais nos abandonará. O Apóstolo Paulo nos ensina como devemos esperar pela Volta do Senhor, em 1 Tessalonicenses 5:1-2:

"Irmãos, relativamente aos tempos e às épocas, não há necessidade de que eu vos escreva; pois vós mesmos estais inteirados com precisão de que o Dia [da Volta] do Senhor vem [inesperadamente e repetinamente] como ladrão de noite."

Ao ler esta passagem, fica claro o seguinte: Paulo pressupõe que este momento não deveria ser surpresa para nós. A base usada por Paulo é "estais inteirados...". Estamos realmente inteirados? Será que realmente estamos vigiando constantemente, a ponto de que o dia da Volta de fato não nos pegue de surpresa? Por isso, este é o tempo de nos achegarmos mais a Cristo, estarmos mais com Ele, e jamais darmos vazão à dúvida acerca da Sua Segunda Vinda:

"Bem-aventurado (feliz, afortunado, a ser invejado) aquele servo a quem seu senhor, quando vier, achar fazendo assim." (Mateus 24:46)

Medite sobre isso nesta semana.

Início do Site

Devocional da semana atual

Devocional de outras semanas: