11ª Semana de 2018

Leitura da Semana: Isaías 19, Jeremias 3, Oséias 5:15

O Plano de Deus para o Povo Judeu

"Virá o Redentor a Sião e aos de Jacó (Israel) que se converterem, diz o SENHOR. Quanto a mim, esta é a minha aliança com eles, diz o SENHOR: o meu Espírito, que está sobre ti [e que escreve a lei de Deus no coração], e as minhas palavras, que pus na tua boca, não se apartarão dela, nem da de teus filhos [reais, espirituais], nem da dos filhos de teus filhos, não se apartarão desde agora e para todo o sempre, diz o SENHOR."
(Isaías 59:20-21)

Jesus veio para salvar tanto os judeus como os gentios. Em outras palavras, os gentios não substituem os judeus no Plano de Salvação de Deus. Dizer que o versículo acima referencia Jacó como sendo a somente a Igreja ou os gentios é um equívoco. Literalmente Deus está falando de Israel, mais especificamente que o Messias vem também para salvar Israel.

Deus Pai prediz que o Messias, O Redentor de Sião, virá para os de Jacó que se converterem. A conversão se refere à transgressão prefigurada em Jeremias 3:11-18:

"Disse-me o SENHOR: Já a pérfida Israel se mostrou mais justa do que a falsa Judá. Vai, pois, e apregoa estas palavras para o lado do Norte [onde as dez tribos cativas] e dize: Volta, ó pérfida Israel, diz o SENHOR, e não farei cair a minha ira sobre ti, porque eu sou compassivo, diz o SENHOR, e não manterei para sempre a minha ira. Tão-somente reconhece a tua iniqüidade, reconhece que transgrediste contra o SENHOR, teu Deus, e te prostituíste com os estranhos debaixo de toda árvore frondosa e não deste ouvidos à minha voz, diz o SENHOR. Convertei-vos, ó filhos rebeldes [de todas as doze tribos], diz o SENHOR; porque eu sou o vosso esposo e vos tomarei [não como nação, mas individualmente], um de cada cidade e dois de cada família, e vos levarei a Sião. Dar-vos-ei pastores [espirituais] segundo o meu coração, que vos apascentem com conhecimento e com inteligência [no fim dos tempos]. Sucederá que, quando vos multiplicardes e vos tornardes fecundos na terra, então, diz o SENHOR, nunca mais se exclamará: A arca da Aliança do SENHOR! Ela não lhes virá à mente, não se lembrarão [seriamente] dela nem dela sentirão falta; e não se fará outra [mas ao invés da arca, Ele mesmo se revelará para estar presente ao longo da cidade]. Naquele tempo, chamarão a Jerusalém de Trono do SENHOR; nela se reunirão todas as nações em nome do SENHOR e já não andarão segundo a dureza do seu coração maligno. Naqueles dias, andará a casa de Judá com a casa de Israel, e virão juntas da terra do Norte para a terra que dei em herança a vossos pais."

Que transgressão é essa? De que iniquidade o profeta Jeremias está falando? Alguns poderiam até pensar na polêmica que perdura até hoje sobre quem foram os responsáveis pela morte de Jesus: judeus, ou romanos. Isso é totalmente irrelevante, e pura perda de tempo. Definitivamente, não é sobre isso a que se refere a transgressão. Ela se refere, na realidade, ao fato do povo judeu ter rejeitado Jesus como o Messias Verdadeiro. Essa rejeição é o que Deus classifica como a transgressão. Apesar do trecho acima, historicamente, também referir-se à divisão entre as tribos de Israel, a continuação do trecho passa a relatar uma restauração completa, a uma redenção definitiva, uma plenitude divina que não se restringe somente à condição das tribos cessarem a divisão. Por isso, o trecho é uma pré-figura da vinda do Messias, Jesus Cristo.

No entanto, Deus mantém Seu Plano de Salvação para o Povo Judeu. Note que a mesma passagem de Jeremias 3:11-18 traz a promessa de restauração completa a Israel. Um dos propósitos de Deus para o período de Tribulação, é tratar e restaurar completamente Israel, mesmo em meio aos ataques massivos do anticristo.

Qual nosso papel hoje? Orar pela Paz em Jerusalém. A intercessão não muda a profecia já selada pela Bíblia, mas acelera o cumprimento da Palavra de Deus na terra. Nossa geração está tendo o privilégio de presenciar a maior conversão de todos os tempos de judeus a Jesus, o Verdadeiro Messias. O Estado de Israel é hoje realidade.

A missão da Igreja atual é orar para que Jesus se revele mais e mais ao povo judeu. Faça isso nesta semana. Entre na seção Ore pela Paz de Jerusalém e consulte as notícias relacionadas ao Oriente Médio para obter mais informações, e entender o conflito atual entre árabes e judeus e o que Deus pensa disso.

Início do Site

Devocional da semana atual

Devocional de outras semanas: