A IGREJA DE LAODICÉIA - A IGREJA APÓSTATA (1900 d.C. - Tribulação)
Apocalipse 3:14-22
(cont.)

"pois dizes: Estou rico e abastado e não preciso de coisa alguma..."
A igreja de Laodicéia se comportava com grande altivez, com dura cerviz, elogiando-se e engrandecendo-se a si mesma, esquecendo-se de João 15:5:

"Eu sou a videira, vós, os ramos. Quem permanece em mim, e eu, nele, esse dá muito fruto; porque sem mim nada podeis fazer"

Isso faz de Laodicéia uma igreja totalmente sem poder e sem unção no Espírito. Não se surpreenda se você já viu igrejas assim hoje, com ricas estruturas físicas, mas totalmente ausentes de alicerces espirituais em Cristo. Os seus alicerces não têm base na pedra angular, que é Jesus. Na arquitetura, se você constrói um arco de pedra e se esquece de colocar a pedra angular bem em seu centro, o arco de pedra simplesmente desmorona.

Portanto, abundância material não necessariamente significa abundância espiritual, poder e unção. Temos orado para que o Senhor traga estratégias de transferências de riquezas para o Reino de Deus, mas para que o Corpo de Cristo as use com sabedoria. Salomão se corrompeu por causa das riquezas, e muitos líderes hoje caíram na mesma armadilha dos 666 siclos de ouro.

Definitivamente, o que mantém a chama da lâmpada do Espírito Santo acesa é a própria unção do Espírito Santo em nossos candeeiros. Parece um tanto óbvio comentar sobre isso, mas se isso fosse realmente óbvio, não veríamos escândalos que Deus permitiu emergir no meio evangélico no tocante a questões financeiras.

Em resumo, Laodicéia gloria-se em si mesma, não em Cristo, e encaixa-se precisamente nas características que Jesus declarou em Mateus 7:22-23:

"Muitos, naquele dia, hão de dizer-me: Senhor, Senhor! Porventura, não temos nós profetizado em teu nome, e em teu nome não expelimos demônios, e em teu nome não fizemos muitos milagres? Então, lhes direi explicitamente: nunca vos conheci. Apartai-vos de mim, os que praticais a iniqüidade."

"...e nem sabes que tu és infeliz, sim, miserável, pobre, cego e nu."
Essa é a real descrição da igreja de Laodicéia no ponto de vista de Jesus Cristo. Apesar de sua riqueza material aparente, Laodicéia é infeliz e miserável espiritualmente. Também seus membros eram pobres nesse mesmo sentido, porque não conheceram ao Senhor Jesus verdadeiramente. Jesus também afirma que são cegos – trata-se de uma cegueira espiritual, a mesma dita em 2 Corintios 4:4:

"...nos quais o deus deste século cegou o entendimento dos incrédulos, para que lhes não resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus."

É muito fácil usar esse versículo referindo-se ao mundo, sendo que ele também serve para os crentes que estão cegos espiritualmente - caso da igreja de Laodicéia.

As vestes da igreja de Laodicéia são as vestes de religiosidade, que têm aparência de santidade, de retidão. Mas na visão de Jesus, ela está nua, totalmente desprovida das vestes celestiais para representá-Lo dignamente aqui na terra.

"Aconselho-te que de mim compres ouro refinado pelo fogo para te enriqueceres..."
Os bens materiais não garantem a posse das riquezas eternas. Jesus adquiriu as riquezas eternas através do Sangue que Ele verteu na cruzem nosso favor. Nós alcançamos as riquezas eternas somente através da fé em Cristo. Em 1 Pedro 1:7 a Palavra diz:

"...para que, uma vez confirmado o valor da vossa fé, muito mais preciosa do que o ouro perecível, mesmo apurado por fogo, redunde em louvor, glória e honra na revelação de Jesus Cristo;"

Em Isaías 55:1-2, Deus convida a todos que comprem tudo o que precisam, sem dinheiro algum:

"Ah! Todos vós, os que tendes sede, vinde às águas; e vós, os que não tendes dinheiro, vinde, comprai e comei; sim, vinde e comprai, sem dinheiro e sem preço, vinho e leite. Por que gastais o dinheiro naquilo que não é pão, e o vosso suor, naquilo que não satisfaz? Ouvi-me atentamente, comei o que é bom e vos deleitareis com finos manjares."

Portanto, a morte de Jesus comprou tudo isso para nós, mas a igreja de Laodicéia não colocava Jesus em primeiro lugar, e por isso ela jamais comprou das riquezas eternas.

"...vestiduras brancas para te vestires, a fim de que não seja manifesta a vergonha da tua nudez..."
As vestes brancas são aquelas que deveriam vestir sempre a igreja de Jesus Cristo na terra. Laodicéia, por todas as razões já descritas, obviamente não as vestia. Laodicéia não assumia o papel digno da Noiva de Cristo na terra, e conseqüentemente manchava suas vestes.

"...e colírio para ungires os olhos, a fim de que vejas."
Com essa afirmativa de Jesus, ele diz que a visão espiritual da Igreja de Laodicéia era nula ou muito limitada. Apenas dando oportunidade do Espírito Santo atuar em seu meio, uma igreja será dotada de olhos de águia em seu ministério. O Espírito Santo é, portanto, o colírio o qual Jesus se refere.

Os caminhos de Deus não são compreensíveis ao ser humano sem que haja a atuação do Espírito Santo. Não basta conhecer Bíblia a fundo,m emorizar os versículos. Aliás, era isso o que os fariseus faziam quando pelejavam com Jesus acerca da Lei, mas não compreendiam que Jesus era o Messias, não entendiam como Jesus demonstrava os milagres, sinais e maravilhas. A unção total de Jesus fazia a diferença, o que provinha do Espírito Santo. Jesus, sendo 100% Deus na terra, nunca fazia as coisas por si só, mas fazia somente o que via o Pai fazer e por isso o Espírito Santo atuava totalmente em Jesus. Leia João 5 para mais detalhes.

"Eu repreendo e desciplino a quantos amo. Sê, pois, zeloso e arrepende-te."
Percebam que o desejo de Jesus é que a igreja de Laodicéia seja restaurada. Sendo assim, Ele a desafia a arrepender-se de seus pecados e volte a focalizar-se Nele.

"Eis que estou à porta e bato; se alguém ouvir minha voz e abrir a porta, entrarei em sua casa e cearei com ele, e ele, comigo."
Jesus se refere à porta do coração. Vejam que Jesus deseja salvar a todos e perdoá-los dos seus pecados. Somente mediante o arrependimento de nossos pecados, teremos condição de abrirmos a porta de nosso coração e verdadeiramente reconhecermos que precisamos que Jesus entre por essa porta, restaure o nosso ser, e mediante o poder da Cruz, nos reconcilie com Deus. Assim como Deus não faz acepção de pessoas, não seria diferente com a igreja de Laodicéia.

Há mais um detalhe neste versículo. Jesus sempre está batendo à nossa porta, simplesmente porque Ele não desiste de nós. É o nosso livre arbítrio que define se abrimos a porta para Ele entrar ou não.

"Ao vencedor, dar-lhe-ei sentar-se comigo no meu trono, assim como também eu venci e me sentei com meu Pai no seu trono."
Assim como foi para as outras seis igrejas, Jesus também desafia a igreja de Laodicéia a arrepender-se e segui-Lo em sua totalidade. Jesus promete restauração total ao vencedor da igreja de Laodicéia, e permitirá que ele se assente com Ele em Seu trono, assim como a Palavra diz em Efésios 2:5-6:

"...e estando nós mortos em nossos delitos, nos deu vida juntamente com Cristo, — pela graça sois salvos, e, juntamente com ele, nos ressuscitou, e nos fez assentar nos lugares celestiais em Cristo Jesus;"

"Quem tem ouvidos, ouça o que o Espírito diz às igrejas."
O desejo de Cristo é que sejamos cristãos sensíveis ao que o Espírito Santo tem a nos dizer. Além disto, o desafio de Cristo é que sejamos praticantes da Palavra, além de ouvintes (Tiago 1:22):

"E sede cumpridores da palavra, e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos."

Bibliografia utilizada para os textos das sete igrejas de Apocalipse:

ANDRADE, Milton A. Santidade e poder. 1.ed. São Paulo: Associação do Ministério Ágape Reconciliação, 2005.

BÍBLIA DE ESTUDO ALMEIDA (RA). 2.ed. Barueri: Sociedade Bíblica do Brasil, 1999.

BÍBLIA DE ESTUDO PROFÉTICA TIM LAHAYE (ACF). 1.ed. São Paulo: Editora Hagnos, 2006. 1362 p.

HEIDLER, Robert. How is your lampstand burning? Understanding the seven churches of Revelation. Audio CD. Glory of Zion International Ministries, 2006.

HEIDLER, Robert. The sevenfold Spirit of God. Audio CD. Glory of Zion International Ministries, 2006.

ITIOKA, Neuza. O intercessor como colaborador de Deus. Apostila de estudo. Sâo Paulo: Ministério Ágape Reconciliação, 2006.

LAHAYE, Tim. Apocalipsis sin velo. 1.ed. Miami: Editorial Vida, 1999.

LELIÈVRE, Mateo. João Wesley: sua vida e obra. 1.ed. São Paulo : Editora Vida, 1997. 373 p.

MASTRAL, Daniel e MASTRAL, Isabela. Rastros do oculto. 1.ed. São Paulo: Editora Naós, 2004. 400 p.

PENTECOST, J. Dwight. Manual de escatologia. 5. ed. São Paulo: Editora Vida, 2006.

SAUSSURE, A. Lutero: o grande reformador que revolucionou seu tempo e mudou a história da igreja. 1.ed. São Paulo : Editora Vida, 2004. 168 p.

THE NEW TESTAMENT (The Greek text underlying the English authorized version of 1611). London: Trinitarian Bible Society, 1998. 480 p.

 

Índice do Estudo do Livro de Apocalipse