O CRISTO DAS IGREJAS (Cont.)
Apocalipse 1:9-20

"... dizendo: O que vês escreve em livro e manda às sete igrejas: Éfeso, Esmirna, Pérgamo, Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodicéia."
Estas são as sete igrejas da Ásia na época de João. A grande pergunta é: por que, entre centenas de igrejas existentes na época, foram selecionadas estas sete?

Os estudos proféticos indicam que as sete igrejas representam sete fases históricas da igreja de Jesus Cristo, desde a época de Jesus até os dias atuais:

Éfeso

A igreja apostólica (de 30 a 100 d.C.)

Esmirna

A igreja perseguida (de 100 a 312 d.C.)

Pérgamo

A igreja indulgente (de 312 a 606 d.C.)

Tiatira

A igreja pagã (de 606 d.C. à Tribulação)

Sardes

A igreja morta (de 1520 d.C. à Tribulação)

Filadélfia

A igreja que Cristo amava (de 1750 d.C. ao Arrebatamento)

Laodicéia

A igreja apóstata (de 1900 d.C. à Tribulação)

As sete igrejas também estão representando sete igrejas no tempo atual. E tais características podem também ser aplicadas à vida de qualquer igreja e de qualquer cristão.

Aprofundando-se ainda mais, podemos dizer que estas sete características podem ser consideradas sete métodos que Satanás usa para atacar a igreja e aos cristãos pessoalmente. Isto exige que tenhamos que nos armar para lutar contra o inimigo:

  • Efésios 6:10-18
    "No demais, irmãos meus, fortalecei-vos no Senhor e na força do seu poder. Revesti-vos de toda a armadura de Deus, para que possais estar firmes contra as astutas ciladas do diabo. Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais. Portanto, tomai toda a armadura de Deus, para que possais resistir no dia mau e, havendo feito tudo, ficar firmes. Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça; e calçados os pés na preparação do evangelho da paz. Tomando sobretudo o escudo da fé, com o qual podereis apagar todos os dardos inflamados do maligno. Tomai também o capacete da salvação, e a espada do Espírito, que é a palavra de Deus, orando em todo o tempo com toda a oração e súplica no Espírito, e vigiando nisto com toda a perseverança e súplica por todos os santos."
  • Tiago 4:7
    "Sujeitai-vos, pois, a Deus, resisti ao diabo, e ele fugirá de vós."
  • 1 Pedro 5:9
    "Ao qual resisti firmes na fé, sabendo que as mesmas aflições se cumprem entre os vossos irmãos no mundo."

Mais adiante, estudaremos detalhes de cada uma das sete igrejas descritas em Apocalipse 1:11.

"Voltei-me para ver quem falava comigo e, voltado, vi sete candeeiros de ouro..."
Os sete candeeiros representam as sete igrejas, conforme diz Apocalipse 1:20:

"Quanto ao mistério das sete estrelas que viste na minha mão direita e aos sete candeeiros de ouro, as sete estrelas são os anjos das sete igrejas, e os sete candeeiros são as sete igrejas."

O candeeiro representa a luz do mundo. Portanto, representa a igreja de Jesus Cristo (Mateus 5:14). O candeeiro não produz a luz. O óleo ou a eletricidade é quem a produz. Analogamente, Jesus produz a luz e a sua igreja (o candeeiro) a leva até os confins da terra.

 

Índice do Estudo do Livro de Apocalipse