IntroduÇÃo ao Livro de Apocalipse

O livro de Apocalipse, sem dúvida, é o livro mais intrigante de se estudar, porque diz respeito a acontecimentos concernentes ao futuro, somente.

A palavra "Apocalipse" vem do grego "Apokalypsis" e significa "Revelação" ou "tirar o véu".

Muitos acabam concluindo que tudo que está no livro de Apocalipse é simbólico, porque entendem como difíceis os termos que João utilizou para a narrativa deste livro. Como consequência disto, passam a desprezar o conteúdo deste livro, motivo pelo qual muitas igrejas quase não pregam sobre este livro. 

Obviamente, assim como todos os livros da Bíblia, este livro também teve a inspiração do Espirito Santo de Deus, através de João, transcrevendo tudo o que Jesus mostrou a ele e passa inúmeras mensagens espirituais no momento em que buscamos a Deus pela Sua Palavra.

Vamos entender o seguinte: João estava radicado na ilha grega de Patmos quando teve a inspiração do livro de Apocalipse. Ele foi arrebatado aos céus, em vida, durante sua visão e teve um encontro com o Senhor Jesus já glorificado, conforme João o descreveu em Apocalipse 1:12-16. É neste ponto que queremos chegar: entendam que João estava no céu quando teve a visão, e não na terra. Com isto, podemos concluir que tudo que João descreveu foi REAL, e não SIMBÓLICO, mas jamais podemos esquecer que seu ponto de vista de narrativa foi o mundo espiritual, e não aqui na terra. 

Os quatro cavaleiros do Apocalipse por exemplo, foram realmente vistos por João, mas no mundo espiritual. E os mesmos têm consequências reais aqui no mundo terreno, em que vivemos. Este estudo vai interpretar o que estas e outras profecias do livro de Apocalipse representam. E vamos ver muitas vezes, que, apesar de João estar arrebatado no mundo espiritual, as visões são literalmente descritas como eventos aqui na terra, sem nenhuma representação equivalente no mundo espiritual. 

Basta visualizarmos João, há mais ou menos 2000 anos atrás, escrevendo este livro. João não tinha o vocabulário que hoje temos para descrever um cometa, um computador, um chip ou um avião. Então, ele não teve outra alternativa senão descrever com seu vocabulário da época tudo o que Jesus o mostrou. Nem por isto, as profecias deixam de ser interpretadas literalmente para serem apenas simbolismos.

Outro ponto importante é que não é possível estudar o livro de Apocalipse sem entendermos o contexto histórico atual em que vivemos. O objetivo destes estudos é mostrar como a Palavra de Deus já previa toda a tecnologia e todo o contexto histórico atual desde o momento em que foi escrita.

 

Índice de Estudo do Livro de Apocalipse